O ganho de peso é um problema que afeta não apenas o corpo, mas também influencia a autoestima das pessoas.

Essa doença, muitas vezes, não está relacionada apenas com a falta de hábitos saudáveis, como a prática de exercícios físicos e uma dieta balanceada, podendo ter outras causas, como:

  • Problemas na tireoide,
  • Genética/hereditariedade,
  • Excesso de cortisol.
  • Medicamentos que influenciam o apetite e o metabolismo.

Além disso, outro fator que pode influenciar é o estresse. 

Para falar mais sobre esse assunto tão relevante e que levanta muitas dúvidas nos meus pacientes, criei esse artigo. Continue lendo e confira qual é a relação entre o ganho de peso e o estresse.

O estresse pode causar ganho de peso?

Sim. O estresse tem diferentes efeitos no corpo e, entre eles, está o ganho de peso. 

Essa constatação já foi comprovada em diversos estudos, inclusive há uma pesquisa que mostra que ambientes familiares tensos podem causar a obesidade em crianças. 

Isso ocorre pelas consequências que esse estado negativo causa no organismo, como:

Aumento na ingestão de alimentos ricos em carboidratos e álcool

O aumento de peso durante os períodos de estresse, em grande parte, se dá pelo o que é chamado de alimentação emocional.

Esse termo é utilizado para designar quando se come para diminuir a tristeza, o mau-humor ou para lidar com problemas.

Normalmente, isso é feito por meio da ingestão de alimentos que são ricos em carboidratos, uma vez que esses liberam substâncias no nosso cérebro que ativam muito mais as chamadas áreas do sistema de recompensa, região do prazer. 

Alguns exemplos são:

  • doces do tipo bolos, tortas e bolachas,
  • massas,
  • salgadinhos,
  • alimentos ultraprocessados.

Essa alimentação também inclui o consumo de álcool, que, por si só, já é calórico.

Falta de sono

Outra consequência do estresse que pode influenciar no ganho de peso é a falta de sono.

Enquanto se dorme, o corpo regula a produção de diferentes hormônios que têm relação direta com o sobrepeso.

Dois deles são:

  • cortisol: responsável pelo acúmulo de gordura abdominal,
  • grelina: hormônio que provoca a sensação de fome.

Além disso, uma noite mal dormida nos deixa sem energia e disposição. Mais um motivo para comer mais, pois o corpo busca essa energia através dos alimentos. Além do mais, as chances de estarmos mais ativos e de fazermos exercício físico neste dia de cansaço são bem menores, concorda?

É por isso que a falta de sono também impacta no ganho de peso.

Interrupção dos exercícios físicos

Os períodos de estresse também tendem a ser acompanhados pela interrupção dos exercícios físicos, seja pela sobrecarga da rotina ou pela falta de ânimo.

Quando a interrupção desse hábito acompanha o aumento de ingestão calórica, é comum haver ganho de peso.

Vale ressaltar ainda que as atividades físicas fazem bem para o corpo e liberam hormônios que promovem o bem-estar, por isso, interrompê-las pode causar ainda mais mal-estar e deixar você mais para baixo.

Como evitar o ganho de peso causado pelo estresse?

A verdade é que não existe uma fórmula mágica para evitar o ganho de peso causado pelo estresse.

O primeiro passo é reconhecer a fonte desse problema e tentar resolvê-la. 

Enquanto isso não acontece e você precisa lidar com a situação, controle os danos com algumas práticas diárias, como:

  • dormir bem,
  • praticar exercícios,
  • ouvir música,
  • meditar,
  • ter turnos de descanso para desconectar-se,
  • autocuidado: um tempo só para você fazer o que você gosta. Invista em um hobby, em algo que te dê prazer! 

Além disso, também é essencial procurar por um acompanhamento psicológico e, quando indicado, o psiquiátrico.

Por fim, também recomendo evitar ter alimentos de recompensa em casa.

Isso quer dizer não ter disponível bolachas, tortas, chocolates ou qualquer outro tipo de comida que você recorre em exagero quando está passando por momentos de maior estresse. O controle ambiental ajuda muito neste primeiro momento. 

É importante, ainda, compreender que o ganho de peso nunca é saudável para o corpo, mas pode ser revertido. 

Se preocupar demais com isso pode fazer você ficar ainda mais estressado, se sentindo culpado pelo seu comportamento e entrando em um momento ainda pior. Muitas vezes isso te paralisa. 

Por isso, busque ajuda, tenha um estilo de vida saudável por você, construa isso aos poucos. Cuide do seu bem estar mental e logo estará melhor e ainda mais apto a melhorar a sua saúde física. 
Se você ainda tem alguma dúvida sobre esse tema, não deixe de entrar em contato comigo. Ficarei feliz em orientar você e ajudar no seu processo de emagrecimento.